sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Árvores autóctones de portugal...

Qualquer dicionário de português dirá que autóctone é um adjectivo que qualifica aquilo que é natural do local onde vive. Uma árvore autóctone é assim uma árvore natural do local onde vive. Mas o que é que isso quer dizer?... Será que quer dizer que a árvore não foi transplantada de outro local?... Ou que já os seus ascendentes viviam naquele local?... Ou que não foi introduzida pelo homem?...

Enfim, eu não sou biólogo ou botânico ou coisa que o valha. No meu entender de leigo, uma árvore autóctone é uma árvore que vive no local onde a respectiva espécie se desenvolveu, por meios naturais, independentemente de ter sido plantada ou transplantada ou reintroduzida pelo homem.

Também não sei ao certo como é possível determinar com rigor se uma árvore é ou não autóctone de uma determinada região. De repente imagino análises de ADN, de registos fósseis e coisas que tais. Mas não sei.

O que julgo saber, é que à conta destas questões a definição daquelas que são as espécies e variedades de árvores autóctones de Portugal continental não é unânime. Ainda assim, creio existir algum consenso em relação às espécies que a seguir indico, mesmo correndo o risco de me enganar.

Já agora, antes de passar à listagem das espécies, uma espécie endémica, ou endemismo, é uma espécie que só existe numa determinada região. Diz-se então que é um endemismo dessa região. Mas será que um endemismo tem de ser autóctone?...

Bom, em baixo fica uma lista de espécies de árvores autóctones de Portugal. É possível que algumas espécies não sejam verdadeiramente autóctones. É também possível que algumas espécies mencionadas contenham simultaneamente variedades autóctones e não autóctones. É certo que a lista não está completa. De qualquer forma dá-nos a ideia da grande variedade de árvores que a nossa floresta teria naturalmente nos tempos em que não existia um único eucalipto.

Para quem quiser saber mais, aconselho por exemplo a página Florestar.net ou o documento "Da semente se faz a árvore".


Abrunheiro-bravo, ameixoeira-brava – prunus spinosa



Amieiro – alnus glutinosa



Avelaneira – corylus avellana



Azereiro – prunus lusitanica



Azevinho – ilex aquifolium



Azinheira – quercus rotundifolia



Borrazeira-preta – salix atrocinerea



Carvalho-alvarinho – quercus robur



Carvalho-de-Monchique – quercus canariensis



Carvalho-negral – quercus pyrenaica



Carvalho-português – quercus faginea



Castanheiro – castanea sativa



Cerejeira-brava, cerdeira – prunus avium



Cerejeira-de-Santa-Lúcia – prunus mahaleb



Choupo-tremedor – populus tremula



Choupo-negro – populus nigra



Freixo – fraxinus angustifolia



Lodão – celtis australis



Lodão-torminal – sorbus torminalis



Loureiro – laurus nobilis



Medronheiro – arbutus unedo



Pado, azereiro-dos-danados – prunus padus



Palmeira-anã – chamaerops humilis



Pereira-brava – pyrus bourgaeana



Periqueiro – pyrus cordata



Pilriteiro – crataegus monogyna



Pinheiro-bravo – pinus pinaster



Pinheiro-manso – pinus pinea



Pinheiro-silvestre – pinus sylvestris



Plátano-bastardo, bordo – acer pseudoplatanus



Salgueiro-branco, vimeiro – salix alba



Sanguinho, amieiro-negro – frangula alnus



Sobreiro – quercus suber



Teixo – taxus baccata



Tramazeira – sorbus aucuparia



Ulmeiro – ulmus minor



Vidoeiro, bétula – betula celtiberica



Zambujeiro – olea europaea variedade sylvestris



Zêlha – acer monspessulanum



4 comentários:

  1. ENTRESSA E AMAR O QUE QUER QUE SEJA.A PROPRIA COISA COM O TEMPO DA A RESPOSTA,ACREDITE.A GRAFIOSE DOS ULMEIROS PODE SER TRATADA PELOS FUNGOS DA BOLOTAS DESIDRATADA.ESTOU A TESTAR.SUGERIDO POR UM ULMUS MONTANA minha arvore frolica.XIS.JORGE.

    ResponderEliminar
  2. Olha..eu piada não achei, mas achei o blog muito interessante e até desfiz aqui algumas dúvidas! Como sabemos grande parte do que anda por aqui sobre este tipo de conteúdo é de origem brasileira e com eles quase nem a língua partilhamos muito menos o nome de frutos e plantas! Grata!! Vou aparecer mais!!!!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. O blog é interessantíssimo. Parabéns e não esmoreça. Vou passar cá mais vezes...

    ResponderEliminar